Passos para o Abismo

 Pedro Passos Coelho decidiu prosseguir a via para a asfixia económica, o desemprego e o empobrecimento do nosso País.  Nem a súbita flexibilidade e permissividade de Schauble, o todo-poderoso Ministro das Finanças da Alemanha e grande referência de Vitor Gaspar, ao permitir melhores condições de ajustamento à Holanda, à Espanha e à França (o aperto nos grandes mercados vizinhos
Ler o artigo completo...
Comentários

Novo Rumo

A última quinzena política em Portugal foi muito clarificadora. O XIX Congresso do PS e a adesão do Presidente da República às teses da austeridade e da asfixia económica de Passos Coelho e Vitor Gaspar definiram dois blocos e duas opções claras.  A opção da submissão seguidista e bem comportada esperando algures a complacência dos poderosos definiu com traços marcantes o bloco
Ler o artigo completo...
Comentários

A Toque de Caixa

 A recente visita do Presidente da República à Colômbia e ao Peru, cuja delegação integrei em representação do Grupo Parlamentar do Partido Socialista constituiu sem dúvida um sucesso político e empresarial. As nossas empresas com produtos diversificados e com elevado conhecimento e valor acrescentado, que se foram desenvolvendo e fortalecendo no contexto do Plano Tecnológico,
Ler o artigo completo...
Comentários

Pôr um Cravo (Na baioneta da Troika)

 Aproxima-se mais um aniversário da manhã gloriosa em que renascemos para a liberdade, mas nunca como agora foi tão marcante o contraste entre o sol e a sombra na revolução de Abril.  De um lado brilha o sol supremo de sermos livres. Do outro lado perdura a sombra soturna do desânimo que se apoderou de um povo flagelado por políticas desenhadas nos gabinetes e nos programas informáticos
Ler o artigo completo...
Comentários (1)

Anorexia Institucional

 Se há afirmação que me faz “pele de galinha” é aquela que refere que a consolidação das contas públicas em Portugal faz de nós um modelo à escala europeia. Modelo de quê e para quê? Modelo de quem e para quem? Quando oiço estas afirmações, provindas de “gurus” nacionais e burocratas internacionais, lembro-me sempre doutro tipo de modelos. Das lindas, elegantes mas
Ler o artigo completo...
Comentários

Inenarrável

Com a força e a determinação que é seu timbre, José Sócrates aproveitou a entrevista que deu à RTP para fazer uma defesa assertiva da narrativa que inspirou o seu governo. Em simultâneo desmontou meticulosamente aquilo a que chamou o embuste narrativo construído pela coligação de direita com o objectivo claro de atribuir a esse período e à sua herança a natureza dos actuais fracassos
Ler o artigo completo...
Comentários
Ver artigos anteriores...