O (mau) exemplo de Crato

 Num tempo em que a propósito dos exageros brutais nos processos autónomos de recepção aos novos alunos nalgumas universidades portuguesas, se fala tanto duma juventude pouco focada nos grandes desafios de participação cívica, o exemplo que do seu “Bunker” na 5 de Outubro o Ministro Nuno Crato vem dando ao País é um exemplo decepcionante e pouco inspirador para essa mesma juventude
Ler o artigo completo...
Comentários

Praxe e Poder

Não vou escrever sobre a tragédia do Meco, mas foi sem dúvida a profusa discussão provocada por essa tragédia que me motivou a partilhar convosco esta breve reflexão.Quando entrei para a Universidade fui recebido por um programa cultural e social de recepção ao caloiro. Não fui praxado. Tive o gosto de presidir três anos mais tarde à Associação de Estudantes da minha Universidade. Era
Ler o artigo completo...
Comentários

Foi Você que Votou IEVA (GT Infraestruturas Alto Valor Acrescentado)

Foi você que votou IEVA (Grupo de Trabalho para as Infraestruturas de Elevado Valor Acrescentado)? Eu não votei e tenho a certeza que o caro leitor também não porque essa sigla não apareceu em nenhum boletim de voto. No entanto o Governo entregou a um grupo de “sábios” que não são passíveis de ser politicamente escrutinados o desenho da estratégia de desenvolvimento das infraestruturas
Ler o artigo completo...
Comentários

Consciência e Representação

A recente imposição da direção parlamentar dos Partidos da maioria (PSD e CDS) da disciplina de voto aos seus deputados numa questão de consciência e não prevista nos programas eleitorais daquelas forças políticas (a aprovação dum regime de co-adopção por casais do mesmo sexo), além de causar estupor pela sua crueldade, obriga-nos a refletir sobre a relação entre consciência e representação
Ler o artigo completo...
Comentários

Mudar a Agulha (vencer pela positiva)

 Todos nós, individualmente ou integrados em grupos ou comunidades, temos o nosso amor-próprio e por muito que se não deseje isso conscientemente, esse amor-próprio tem uma componente de emulação e comparação. O risco dessa comparação ser feita de forma estática é grande. Quando o sujeito individual ou coletivo se coloca como referência e menospreza tudo o resto, ou quando
Ler o artigo completo...
Comentários

Dividendos (Quem está a ganhar com as privatizações?)

  O Governo não é o Estado embora no regime democrático o Governo receba um mandato de administração em nome do interesse público. Quando o Governo decide alienar Património do Estado toma uma medida de fortes consequências dado que vende recursos que são do coletivo nacional. Essa alienação tem que ser por isso bem ponderada e devem ser salvaguardados os interessas nacionais.  Quando
Ler o artigo completo...
Comentários
Ver artigos anteriores...